Dor nas costas pode estar relacionado à saúde mental

A campanha Janeiro Branco tem por objetivo mobilizar a sociedade em favor da saúde mental durante todo esse mês. A ideia é eliminar tabus e envolver a sociedade nas discussões sobre a doença. O neurocirurgião Adriano Scaff, especialista em medicina da dor, chama a atenção para uma das consequências físicas de doenças como depressão e ansiedade e afirma que a dor nas costas pode sim estar relacionada à saúde mental. Segundo o médico, boa parte das dores, principalmente na região lombar, podem ter relação com problemas de trato mental. “Isso acontece porque as dores estão relacionadas ao cérebro e a sensibilidade do nosso sistema nervoso central. Então é importante avaliar tudo o que pode estar contribuindo e causando a dor para se chegar à conclusão de como podemos trabalhar. Às vezes é preciso atuar no bem-estar emocional do paciente para ajudar a reduzir a dor.”- destaca o Médico. Um estudo recente da Universidade Anglia Ruskin, no Reino Unido, revelou que pessoas com problemas na coluna eram duas vezes mais propensas a desenvolver transtornos mentais. O estudo também apontou que quem sentia dores crônicas nas costas apresentou um risco três vezes maior de manifestar algum episódio depressivo e 2,6 vezes maior de ter algum surto psicótico. Dados da Organização Mundial da Saúde mostram que 80% das pessoas terão algum episódio de dor nas costas pelo menos uma vez na vida. E a dor nas costas já é a principal causa de afastamentos do trabalho no Brasil. O estudo realizado no Reino Unido traz um recorte sobre os brasileiros que participaram da pesquisa e mostra que 52% dos que foram ouvidos pelos pesquisadores se queixavam de dores nas costas e que esse tipo de desconforto afetava de alguma forma suas vidas social e profissional. Sobre o Dr. Adriano Scaff O Dr. Adriano Scaff é formado em Neurocirurgia pelo Hospital das Clinicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto- USP. Mestre em Cirurgia pelo Departamento de Cirurgia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto- USP. Fellowship em Cirurgia Minimamente Invasiva da Coluna Vertebral – Universityof Florida – USA. Fellowship em Dor pelo Hospital Maasland – Sittard – Holanda. Coordenador do Curso de Formação em Técnicas Minimamente Invasivas da Coluna. Diretor/Secretário do Comitê de Cirurgia Minimamente Invasiva da Sociedade Brasileira de Coluna. Diretor/Secretário da Sociedade Brasileira de Médicos Intervencionistas em Dor. Membro do Centro de Tratamento Integrado da Dor em São Paulo. Está entre os médicos citados pelo Programa Bem Estar da Rede Globo no livro ‘Coleção Bem Estar – Dor de Cabeça e Dor nas Costas’, Réptil Editora, 2017.